Muitos são os abraços
Que rodeiam nosso ser
Na vida são bons pedaços
Que trazem o fortalecer

Pouco importa o físico
Dessa matéria tão fria
Espelho cético narcísico
Distante da alforria

Doces celestiais
Curam o amargo fel
Doses essenciais
Penetram o interior do véu

A canção refresca a alma
Ecoa suave em nosso mar
A presença no leito acalma
Vida leve a me abraçar

Abraço de coração
Almas irmãs
Infinda união
Brisa suave das manhãs

Abraço de coragem
Levanta a alma cansada
Segue firme sua viagem
Concluindo a jornada

Palavras nos abraçam
Chegam como chuva serôdia
No imo repousam, alojam
Sementes de sabedoria

A canção refresca a alma
Ecoa suave em nosso mar
A presença no leito acalma
Vida leve a me abraçar

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: Maria Lúcia – Martins/RN

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta