Naturalmente ela jorra
Sua água pura e cristalina
No mais profundo há uma rocha
De onde brota a sabedoria

Palavras e expressões
Hermenêutica e sentido
Flechas aos corações
Puro leite do raciocínio

Não se vê do lado externo
Não há como apalpar
Mas lá dentro, do lado inverso
Sinto a fonte transbordar

O verbo com sua ação
A vida se manifestando
A ela abri meu coração
E meu ventre estou transformando

Estou a sua mercê
Sou sua porta voz
Brilhante como paetê
Ofusca nesse tempo atroz

Fonte da verdade
Riacho de água doce
Natureza da liberdade
Deu-me asas para cruzar a ponte

Em meu ser habita sua porção
O necessário para saciar minha sede
Desvendei o mistério da razão
E minhas cordas tocam o som do seu segredo

Chaves de diversos tamanhos
Que libertam as almas do cativeiro
Mergulhei na imensidão do oceano
Refleti quem eu sou por inteiro

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: José Carlos – Santa Fé/PR

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta