Tudo é um ciclo na natureza
Assim como as estações
A fauna, a flora e sua beleza
E as lindas aves de verão

Um dia elas chegam
E no outro se vão
O que vê por teus olhos?
O que sente no coração?

Estamos dentro dessa complexidade
E não há como negar
O alimento da verdade
Faz nossa alma se libertar

Os ciclos internos giram
Feito os ponteiros do relógio
Os tormentos no silêncio gritam
E se ocultam pelo opróbrio

Bata suas asas passarinho
Desprenda-se deste chão
Ficou pequeno o seu ninho
Voe alto na sua imensidão

O sol está brilhando no céu
E a chuva serôdia é refrigério
A sabedoria rasgou o seu véu
Transmute o seu império

Aprenda com as andorinhas
Eis o tempo da migração
Compreenda as entrelinhas
Mude a sua estação

Tudo é um ciclo na natureza
Assim como as estações
A fauna, a flora e sua beleza
E as lindas aves de verão

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: Maria Lúcia – Martins/ RN

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta