É aquela que impera o respeito
E a base é a verdade
Fica guardada no peito
Nos borda asas da liberdade

Jamais age com má intenção
Grande é a reciprocidade
Parece um só coração
Sentimento puro de amizade

A alma sente que pode contar
Com seu amigo confidente
Sempre tem um ombro para chorar
E compartilhar os momentos contentes

Alguns separados pela distância
Mas parecem estar sempre juntinhos
Devemos compreender as circunstâncias
Pois nunca estamos sozinhos

Amizade verdadeira
Muito raro de encontrar
Feito agulha no palheiro
Quase impossível se achar

Mas se a vida lhe presenteou
Cuide com zelo dessa amizade
Um tesouro encontrou
Cultive com amor essa amizade

Conserve essa aliança
Não deixe nada ferir
Nunca quebre a confiança
É triste ver um coração partir

Este tempo irá passar
Mas sejamos um pedaço bom
Vamos viver o verbo amar
Meu amigo do coração

Por Michele Mi
Tema sugerido por: João Batista Lobo – Cedro/CE

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta