A consciência é um campo vasto, escuro, cheio de enigmas e mistérios, que provoca medo do desconhecido que leva a consciência a não se atrever a grandes descobertas. Muitas consciências acreditam em tudo que se falam, mas de verdade, ninguém vê nada. Põe a fé até num boneco e basta um autor criar uma história como a do boneco Chuck, que ela já fica toda amedrontada. Por causa da ignorância tudo põe medo numa consciência, até as prestações que vencem no final do mês não as deixam dormir em paz. Quando os filhos vão para a balada, elas já imaginam um monte de coisas. Criam-se personagens de fantasmas e até monstros marinhos que saem do nada. Não que a realidade não seja triste, mas noventa por cento dos medos de uma consciência são criados por elas mesmas e isto as amedronta. A paranoia, por exemplo, faz com que a consciência crie personagens assustadores como o boneco Chuck e elas passam a ter medo dele, sendo que ele nem existe.

Mas vamos falar de coisas reais: nós estamos neste mundo, isto é uma coisa real, produzimos as nossas consciências, isto também é real, nós estamos dentro de um propósito, isto também é real, nós temos um Criador de fato e houve um motivo para Ele ter nos criado. Isto tudo é racional. Quem nega a vida que tem? E nós descobrimos que a vida é da porção do espírito que Deus nos assentou, ele não é um fantasma, mas é tão real, ou mais real, quanto a nossa carne, só que ele habita outro plano.

E dentro do propósito do Criador, o espírito será o nosso corpo eterno, basta o inseminar em nossas consciências e gesta-lo, que um dia nasceremos na próxima etapa da vida, assim como um dia nascemos neste mundo. Assim como uma mulher grávida não nos causa medo, uma consciência gerando o filho de Deus, também não deveria nos causar medo e sim muita felicidade. São estas realidades que deveríamos viver e não ficarmos apavorados com medo do desconhecido. Basta à consciência explorar ela mesma por dentro, que todos estes medos se dissiparão como as trevas se dissipam na presença da luz. Porque é que todos têm medo da morte? Porque não sabem o que vem depois dela. Se as consciências descobrissem o tesouro da vida dentro de si, com certeza este medo dissiparia.

Por Michele Mi

Comentários Facebook

Deixe uma resposta