Alegra-te ó alma
Pois é chegado o tempo
A liberdade bate a porta
Cessando todo lamento

Exulta de prazer
Deixe fluir a alegria
É hora do novo nascer
Festeje sua alforria

Levante essa cabeça
Faça-se uma guerreira
Só depende de você
Derrubar toda barreira

Sinta o clima da vida
E o ar da sua graça
Pureza que contagia
Conforto que nos abraça

O sossego quer adentrar
O profundo do teu ser
Basta a semente plantar
Que o bem irá florescer

É só mudar sua visão
E inclinar ao divinal
Cure o seu coração
Mergulhe na fonte celestial

Os pássaros nos ensinam por seu canto
O quanto devemos nos regozijar
Mudar o tom do nosso pranto
E só de alegria chorar

Exulta de prazer
Deixe fluir a alegria
É hora do novo nascer
Festeje sua alforria

Por Michele Mi 
Tema: Loir Xavier – Campo Grande/MS

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta