Não se mede o tempo do amor, pois o amor é um estado, ou se ama ou não se ama, então analisando isso, não concordo com a frase de um poeta que diz que o amor é eterno enquanto dure. A paixão é passageira, mas o amor sempre será eterno. O amor é o sentimento mais puro da compreensão de uma consciência, e quando nós compreendemos de verdade, não tem mais como deixar de compreender. O amor é um axioma, que não tem como ele ser e não ser ao mesmo tempo. Se você acha que o amor acabou, é porque na verdade ele nunca existiu. Esta impressão de que era amor, é que a tua consciência amava uma pessoa, julgando ela ser uma coisa e ela era outra.

Na verdade, você amava aquela pessoa que na sua consciência julgava que era, pois o amor é pura compreensão. Geralmente, numa relação, a pessoa quer se passar por uma coisa que ela não é, e a outra pessoa, julgando que ela era de outro jeito, gosta dela, mas quando a verdade aparece, o sentimento acaba, e tudo aquilo que você pensava que era amor, vai ao chão. Todo ser humano tem na cabeça um parceiro dos seus sonhos, mas quando vê, que este parceiro se mostra de verdade, o sentimento bom, que você julgava ter pela pessoa, dá lugar ao ódio, e muitas vezes a traumas, e aquilo que ele ou ela, buscava numa pessoa, passa a rejeitar. Normalmente, os casais são cegos, na verdade, cada um é hipnotizado pelo encantamento que tem pelo outro, ou ainda, por causa daquele velho refrão: ruim com ele (ela), pior sem ele (ela).

Todo relacionamento que chega a este ponto, não tem mais nenhum sentimento, mas a relação passa a ser de conveniência, apenas de interesse, ou ainda, ele me dá o que quero e eu lhe dou o que ele quer. E sabemos que onde há interesse, não há o menor sentimento de amor.
Normalmente as consciências confundem o sentimento do amor com o sentimento da paixão. Mas para ficar bem claro, a paixão é um sentimento extremamente físico, e o amor é um sentimento de pura compreensão. Por exemplo: jamais uma mãe tem paixão pelo próprio filho, mas ela tem paixão por um homem. E às vezes, com o tempo, ela pode até misturar os sentimentos, hora ser paixão, hora ser amor. E com o tempo, uma paixão pode até dar lugar ao amor, mas nunca o contrário, pois o amor nunca acaba, mas toda paixão é passageira. A paixão é aquela química que normalmente rola entre os casais, mas é só mudar os componentes, que muda o resultado.

Por Michele Mi

Comentários Facebook

Deixe uma resposta