Sentimento doentio
Uma grande obsessão
Pensamentos sombrios
Paranoias e discussões

Falta de domínio próprio
Consciência perturbada
Desconhece o amor
Uma alma enclausurada

Uma semente maligna
Que ramifica muitos males
Inveja, contendas e porfias
Destruidora de lares

Doses diárias de entendimento
Trariam a compreensão
A verdade como medicamento
Curaria o seu coração

Esta vida é passageira
E ninguém é dono de ninguém
A paixão é astuta e sorrateira
Escraviza o interno como lhe convém

Busque a saúde interna
E não se deixe contaminar
Se a doença não curar, prolifera
Formando uma borrasca no seu mar

Ciúmes possessivo
Inverso triste e insano
Desequilíbrio excessivo
Afogou-se no próprio oceano

Por Michele Mi 
Tema: Márcia Rocher – Apucarana/PR

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta