Coleção de livros
Quantas e quantas histórias
Guardadas em uma estante
Outras na própria memória

O desejo de revolucionar
Bate forte dentro do peito
Mas como solucionar
O vazio que corrói por dentro?

A mudança não está fora
Muito menos na aparência
Reflita a partir de agora
Que o transmutar ocorre na consciência

Deve-se ampliar a visão
Aguçar as células da retina
Enxergar o lume e seu clarão
Para alcançar a sabedoria

Não aquela que o outro falou
Mas a que brota no coração
Que você mesmo desvendou
Por buscar sua razão

Ela mora com a simplicidade
E nos ensina a ser humildes
Nos mostra a igualdade
E como a verdade é simples

Desejo que a história de cada um
Seja contada como exemplo
E que a revolução seja na alma
E a paz seja seu rebento

Deve-se ampliar a visão
Aguçar as células da retina
Enxergar o lume e seu clarão
Para alcançar a sabedoria

Por Michele Mi 
Tema: Leandro Claudino – Londrina/PR

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta