Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro pediu para Mandetta falar sobre os riscos da doença para pessoas acima de 60 anos
Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro pediu para Mandetta falar sobre os riscos da doença para pessoas acima de 60 anos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta quinta-feira, 12, que o presidente Jair Bolsonaro pode ficar em isolamento domiciliar caso o resultado do teste para o novo coronavírus der positivo. Mandetta participou da transmissão semanal ao vivo no Facebook com Bolsonaro.

“Se der positivo o presidente vai ter que despachar daqui (Palácio da Alvorada). A gente vai recomendar o isolamento domiciliar. Se não der, ou der outro vírus, que é mais comum, que é o Influenza, a gente libera, vida que volta normal”, declarou Mandetta.

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro pediu para Mandetta falar sobre os riscos da doença para pessoas acima de 60 anos, como ele, que possui 64 anos.

“A grande maioria sai muito bem, obrigado. Faz um quadro de resfriado, gripe, tem que manter cuidado por conta das outras pessoas”, disse o ministro. Ele também recomendou que a população deve tomar cuidados como etiqueta respiratória, usar álcool gel e lavar as mãos. “Vamos lutar muito. Vão ter dias bons, outros difíceis, mas com certeza o Brasil vai sair dessa”, afirmou Mandetta.

Fonte: Estadão

Comentários Facebook

Deixe uma resposta