Instituto Geológico e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas também reforçam equipes técnicas municipais na área mais afetada pelas chuvas
Instituto Geológico e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas também reforçam equipes técnicas municipais na área mais afetada pelas chuvas

A Defesa Civil do Estado informa que equipes do Instituto Geológico e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas reforçam as equipes técnicas municipais do Guarujá nas avaliações das áreas afetadas pelas chuvas extremas ocorridas na semana passada e no monitoramento do risco nos locais de buscas.

Segundo a nota mais recente do órgão divulgada nesta segunda-feira (9), em razão das fortes chuvas que incidiram sobre a região da Baixada Santista na madrugada de terça-feira (3), 42 pessoas morreram e 36 pessoas não foram localizadas, nos seguintes municípios: Guarujá (31 mortes e 36 não localizados), Santos (8 mortes) e São Vicente (3 mortes). O número atual de desabrigados é de 336 em Guarujá e 185 em Santos.

O Diretor de Resposta do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil, Major PM Marcelo Vieira dos Santos, e equipe permanecem na região, em reuniões com o Gabinete de Crise, avaliando as necessidades e a atuação das equipes de salvamento.

Foram disponibilizadas 32,1 toneladas de materiais de ajuda humanitária aos municípios afetados, sendo: 15,6 toneladas (colchões, cobertores, cestas básicas, roupas, água sanitária, kits de limpeza, kits de higiene e água potável) para o depósito do Fundo Social de Santos, de onde serão distribuídos, mediante solicitação, às defesas civis municipais; 12,6 toneladas (colchões, kits higiene, vestuário e limpeza, cestas básicas, água potável e fita de isolamento) a Guarujá; 2,9 toneladas (colchões, cestas básicas, kits de higiene, limpeza e vestuário) a Peruíbe; 1 tonelada (colchões) a Santos.

Além disso, foram disponibilizados equipamentos de proteção individual (luvas de raspa e capacetes) e baldes para o mutirão de voluntários que está atuando em apoio às equipes de salvamento nos cenários de ocorrência de Guarujá. No fim de semana, 40 militares das Forças Armadas reforçaram as equipes de triagem e distribuição de materiais da ajuda humanitária.

No Diário Oficial do Estado de 4 de março, o Governador João Doria homologou sumariamente os decretos municipais de situação de anormalidade de Guarujá (estado de calamidade pública), Santos e São Vicente (situação de emergência). No dia seguinte, esses decretos foram reconhecidos sumariamente no Diário Oficial da União.

Indicadores e previsão do tempo

Nas últimas 24 horas, a contar das 6h de hoje (9), foram registrados mais 8mm em Santos (34mm em 72h), 4mm no Guarujá (10mm em 72h) e 0mm em São Vicente (0mm em 72h).

A previsão para esta segunda-feira (9) é de uma condição típica de verão. O calor e a disponibilidade de umidade na atmosfera criarão condições para a formação de áreas de instabilidade que irão provocar pancadas de chuva de curta duração em toda a faixa leste do estado, e isso inclui a Baixada Santista. A chuva virá com descargas elétricas e rajadas de vento. O acumulado previsto para hoje em Guarujá é de 1mm.

Fonte: SP Notícias

Comentários Facebook

Deixe uma resposta