Famílias terão agora de comprovar requisitos exigidos para participar do programa habitacional
Famílias terão agora de comprovar requisitos exigidos para participar do programa habitacional

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), sorteou na quinta-feira (27), moradias para famílias de Marinópolis, região administrativa de São José do Rio Preto, e de Lucianópolis, região administrativa de Bauru.

As famílias sorteadas agora terão de comprovar os requisitos exigidos para participar do programa habitacional. É preciso ter renda entre um e dez salários mínimos, morar no município há pelo menos cinco anos ou atestar que o chefe da família trabalha nas cidades no mínimo pelo mesmo período, não ter imóvel ou financiamento habitacional e não ter sido atendido em outros programas habitacionais de interesse social. Os idosos precisam ter idade mínima de 60 anos e indivíduos sozinhos, 30 anos ou mais.

Em Lucianópolis foram sorteadas 52 casas. Foram inscritas 326 famílias, das quais 89% têm renda familiar de até três salários mínimos. Do total de unidades sorteadas, 43 são para a população em geral, quatro para famílias com pessoas com deficiência, três para idosos, uma para policiais e agentes penitenciários e uma para indivíduo só. As inscrições foram realizadas entre os dias 16 e 21 de dezembro de 2019.

As famílias sorteadas foram convocadas para o processo de habilitação, que acontecerá no dia 10 de março, no Centro de Convivência do Idoso.

A CDHU está investindo R$ 4,6 milhões no empreendimento. As casas possuem dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro e área total de 47,87 metros quadrados.

Região de Rio Preto

Em Marinópolis, onde foram sorteadas 39 casas, estavam inscritas 217 famílias, das quais 92% têm renda de até três salários mínimos. Do total de unidades sorteadas, 33 foram para a população em geral, três para famílias com pessoas com deficiência, dois para idosos e uma para indivíduo só. As inscrições foram realizadas entre os dias 16 e 23 de dezembro de 2019.

As famílias sorteadas estão convocadas para o processo de habilitação, que acontecerá no dia 5 de março, no Centro Comunitário de Eventos Tia Mara, Rua Paraíba, nº 333.

A CDHU está investindo R$ 3,4 milhões no empreendimento. As casas possuem dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro e área total de 47,87 metros quadrados. As unidades respeitam e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Companhia, como pisos cerâmicos com rodapé e laje de concreto em todos os cômodos, azulejos no banheiro e nas paredes hidráulicas da cozinha, estrutura metálica nos telhados, muro de divisa entre os lotes e sistema gerador de energia solar fotovoltaico.

O empreendimento contará com infraestrutura completa: redes públicas de água, elétrica, gás e esgoto; pavimentação das vias do entorno, drenagem, calçadas, paisagismo e iluminação pública.

O auxiliar de motorista Pedro Henrique Aguiar, 20 anos, foi um dos sorteados. Casado e pai de Alicia, 4 anos e Pedro Augusto,1 ano. “Estou muito emocionado em conseguir uma casa para meus filhos de maneira rápida e tranquila. No momento em que meu nome foi chamado passou um filme na minha cabeça. Lembrei de quando minha família veio morar em Marinópolis. Eu tinha 9 anos e cinco irmãos. e.meus pais alugaram um pequeno cômodo de sala e cozinha onde dividíamos o espaço. Era muito apertado e desconfortável. Fico muito feliz em proporcionar um lar digno para meus filhos crescerem”, contou.

O diretor de Atendimento Habitacional da CDHU, Marcelo Hercolin, destacou a importância do novo empreendimento para acompanhar o crescimento de Marinópolis. “Eu nasci aqui nesta região e acompanhei o crescimento de Marinópolis. A cidade se desenvolveu muito e estas 39 novas moradias vão contribuir mais ainda para o progresso municipal. Surge um novo bairro e a certeza de que estamos no caminho certo, trabalhando para que o povo paulista tenha mais conforto e dignidade para criar os filhos e fazer sua parte para um futuro melhor a todos cidadãos”, afirmou.

Fonte: SP Notícias

Comentários Facebook

Deixe uma resposta