Movimento da comunidade tangueira de São Paulo tem como proposta ocupar as áreas livres dos espaços públicos da cidade
Movimento da comunidade tangueira de São Paulo tem como proposta ocupar as áreas livres dos espaços públicos da cidade
Neste sábado (29), o Memorial da América Latina recebe o Tango na Rua, movimento que abrange a comunidade tangueira na cidade de São Paulo desde 2009. O encontro para os amantes do estilo musical e de dança tem como proposta ocupar as áreas livres dos espaços públicos da capital.

Na edição do Memorial, o Tango na Rua conta com a presença do Urban Sketchers São Paulo, um dos representantes do movimento mundial de desenho de rua. Só no Brasil já são mais de quarenta grupos espalhados por diversos estados. Durante o evento, mais de trinta desenhistas farão o registro do encontro.

O Tango na Rua busca ressignificar os espaços públicos da cidade, levando os dançarinos de tango para a rua, proporcionando uma aproximação das pessoas com a dança e a própria cidade. Outra característica do projeto é o caráter colaborativo dos envolvidos que vão desde DJs a professores e fotógrafos, que trabalham para viabilizar o projeto.

O projeto foi idealizado pela arte-educadora Valéria Rodrigues e a bailarina e pesquisadora Adriana Nogueira.

serviço

Tango na Rua – Memorial da América Latina
Data: 29 de fevereiro de 2020 (sábado)
Horário: das 15h30 às 19h30
Praça das Sombras | Portões 8, 9 e 13
Entrada Gratuita
Classificação livre

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Comentários Facebook

Deixe uma resposta