Cinquenta presos da penitenciária de Hortolândia receberam certificados
Cinquenta presos da penitenciária de Hortolândia receberam certificados

Com foco em melhorias nas condições de trabalho, 50 sentenciados da Penitenciária “Odete Leite de Campos Critter”, Hortolândia II, participaram de um curso de Prevenção de Acidentes, Queimaduras e Perfurocortantes nos entre os dias 23 e 25 de janeiro. A meta da atividade foi ensinar o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e dos Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) durante a realização das tarefas.

O objetivo foi orientar participantes que desempenham atividades laboterápicas na cozinha da unidade prisional, copa dos funcionários e almoxarifado a fazerem o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e dos Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) durante a realização das tarefas. A ideia é evitar acidentes, principalmente com queimaduras e materiais perfurocortantes, ou seja, objetos com partes rígidas ou que têm fios de corte capazes de perfurar ou cortar, como agulhas, lâminas.

A capacitação foi aplicada por uma empresa especializada em medicina do trabalho e segurança, dentro da unidade prisional, com duração de 1h30 – dividida em duas turmas. O instrutor Michael Ribeiro de Oliveira, Técnico em Segurança do Trabalho, relatou que foi sua primeira experiência em um ambiente prisional. “Estou surpreso com o respeito e a atenção dos participantes durante a aula”, disse.

Os reeducandos poderão colocar os conhecimentos em prática quando estiverem em liberdade. Todos os participantes receberam certificados.

Fonte: SP Notícias

Comentários Facebook

Deixe uma resposta