Continuidade dos serviços do dispositivo de segurança preventiva é assegurada com renovação de convênio
Continuidade dos serviços do dispositivo de segurança preventiva é assegurada com renovação de convênio

A Prefeitura de Apucarana, por meio da secretaria da Mulher e Assuntos da Família, está investindo R$ 107 mil de recursos próprios na renovação do convênio com a empresa prestadora de serviços, vencedora de processo licitatório, que fornece, ao município, o botão do pânico. “O trabalho de enfrentamento à violência doméstica é importantíssimo e, por isso, investimos na continuidade deste serviço, que protege a mulher e inibe o agressor”, disse o prefeito Júnior da Femac. “Queremos deixar claro que em nossa cidade a mulher deve se sentir segura, porque dispomos e oferecemos meios para protegê-la”, afirmou.

O dispositivo de segurança preventiva – botão do pânico é fornecido às mulheres que têm medidas protetivas de urgência. Uma vez apertado, o botão aciona imediatamente uma viatura, que se dirige ao local. O dispositivo também faz a captação, transmissão e gravação do áudio ambiente.

A secretária da Mulher, Denise Canesin, explica que o botão do pânico é uma parceria entre a Prefeitura, por meio do Centro de Atendimento à Mulher (CAM), braço da secretaria da Mulher, da Guarda Municipal com a Patrulha Maria da Penha, do Poder Judiciário, representado pelas varas criminais a cargo dos juízes Oswaldo Soares Neto e José Roberto Silvério, e da Delegacia da Mulher. “Temos um resultado muito positivo desse trabalho em conjunto para a proteção da mulher em situação de violência. Agora, com a renovação do convênio, poderemos continuar a prestar esse serviço”, revelou.

Somatória – Apucarana foi uma das primeiras cidades do Paraná a implantar o botão do pânico. Profissionais das 1ª e 2ª Varas Criminais, do Ministério Público, da Delegacia da Mulher, da 17ª Subdivisão Policial e da Guarda Municipal, assim como do CAM, foram capacitados em abril do ano passado para lidar com a nova ferramenta. Com isso, Apucarana passou a oferecer, além de atendimento social, jurídico e psicológico, o dispositivo de segurança.

Fonte: Prefeitura de Apucarana

Comentários Facebook

Deixe uma resposta