Os paranaenses lideraram as buscas no Google por locais tranquilos no carnaval e o IBGE apontou o Paraná como o estado com o maior crescimento turístico em dezembro
Os paranaenses lideraram as buscas no Google por locais tranquilos no carnaval e o IBGE apontou o Paraná como o estado com o maior crescimento turístico em dezembro

Fevereiro bateu o recorde de acessos do portal www.viajeparana.com. Mesmo sem terminar o mês, a Celepar, responsável pela tecnologia da informação do Estado, registrou quase 100 mil visualizações no site, onde podem ser encontrados roteiros, dicas e informações turísticas de todas as regiões.

O aumento de visitações no Viaje Paraná nesse período reflete as pesquisas feitas pelos paranaenses no Google. O maior site de buscas do mundo, apontou que os internautas do Estado lideraram o crescimento nas pesquisas pelo termo “fugir de carnaval”. Na última segunda-feira (19), as buscas dos paranaenses por locais onde escapar da folia cresceram 562% em comparação com a segunda-feira anterior.

PLANEJAMENTO ­- A visibilidade turística do Estado é resultado de planejamento e investimento no setor. “Buscamos incentivar a atividade desde o início da nossa gestão, inclusive dedicando a programação da TV Educativa ao tema, com a criação da TV Paraná Turismo. Queremos fazer com que o paranaense conheça mais o Estado e também atrair turistas de todo o país e do exterior”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Desde que entrou no ar, há um ano, o Viaje Paraná alcançou 600 mil visualizações. Disponível também na versão em inglês, o site é o mais procurado entre as páginas de campanhas criadas e mantidas pelo Governo.

Os acessos vêm aumentando. De novembro pra cá, época de clima mais quente, feriados, festas e férias, foram cerca de 290 mil visualizações.

AVANÇO – O incremento turístico do Estado também foi registrado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Segundo o IBGE, o Paraná foi a unidade da federação com maior avanço na atividade no mês de dezembro, com 2,6%, seguido por Pernambuco (2,3%), Minas Gerais (1,3%), São Paulo e Rio de Janeiro, ambos com 0,5%. O Brasil apresentou expansão de 1,5%.

Já os demais estados do Sul tiveram retração no mesmo mês. Rio Grande do Sul de -2% e Santa Catarina de -1%, segundo o instituto.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Comentários Facebook

Deixe uma resposta