Policiais apreendem produtos ilegais com valor estimado em R$ 3 milhões na estabelecimento na zona leste da capital
Policiais apreendem produtos ilegais com valor estimado em R$ 3 milhões na estabelecimento na zona leste da capital

Policiais civis do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) prenderam, na manhã de hoje (21), nove homens por envolvimento com o comércio de peças automotivas ilícitas.

A especializada, por intermédio da 4ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Fraudes Contra Seguro), apurou o envolvimento de um grupo com a falsificação de selos de autenticidade e comércio de peças proibidas pela legislação.

Uma equipe de policiais civis foi a campo e, em um estabelecimento comercial na zona leste da capital, no bairro da Vila Ema, flagrou os nove indivíduos e apreendeu mais de R$ 3 milhões em peças automotivas sem procedência legal.

De acordo com o delegado titular da 4ª Divecar, Roberto Afonso Silva, o esquema é duplamente danoso ao consumidor. “Esse comércio de peças ilícitas fomenta roubos, receptação, crimes e violência. A compra de itens de segurança sem o devido rastreamento põe em risco a vida de quem está no veículo”, afirma.

Os nove detidos responderão por associação criminosa, receptação qualificada e uso indevido de selo público.

Fonte: SP Notícias

Comentários Facebook

Deixe uma resposta