Em 2010, JBIC financiou parte da implantação da Linha 4 do Metrô; encontro ocorre após missão Japão, realizada em 2019
Em 2010, JBIC financiou parte da implantação da Linha 4 do Metrô; encontro ocorre após missão Japão, realizada em 2019

O Embaixador Affonso Massot, Secretário-Executivo da Secretaria de Relações Internacionais, se reuniu na quinta-feira (20) com Noriyuki Ishikawa, chefe do escritório do Rio de Janeiro do Japan Bank for International Cooperation (JBIC – Banco para Cooperação Internacional do Japão). Ishikawa veio a São Paulo para conhecer as oportunidades de investimentos do Estado, principalmente os ligados ao modelo de Parcerias Público-Privadas (PPPs). O encontro ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado.

“Nossa reunião pode ser considerada como um ‘follow-up’ do encontro mantido em Tóquio pelo Governador João Doria”, afirmou o Embaixador Massot. Doria esteve em missão ao Japão em setembro do ano passado quando se encontrou com investidores locais e representantes do JBIC.

Durante a viagem, o Governo destacou os resultados positivos dos encontros realizados, com previsão de R$ 1 bilhão em investimentos. “Os resultados foram bastante positivos, como em todas as outras missões que realizamos. Conseguimos viabilizar mais investimentos, mais empregos e melhores perspectivas para investimentos futuros, de médio e longo prazo”, afirmou o Governador após a missão Japão.

Na reunião dessa quinta-feira, Ishikawa transmitiu o interesse do Banco em fortalecer a aproximação com São Paulo, sobretudo em projetos que levem em consideração a proteção ao meio ambiente e apresentou iniciativas e financiamentos realizados pela instituição para projetos internacionais e brasileiros. O JBIC, em parceria com um consórcio de bancos japoneses, foi responsável pelo empréstimo de parte dos recursos para a segunda fase da implantação da linha 4-Amarela do Metrô, em 2010. Na época, o valor da operação entre Governo do Estado e JBIC foi de US$ 130 milhões.

Representantes da Subsecretaria de Parcerias do Governo do Estado, presentes no encontro, apresentaram o programa de desestatização do governo paulista. O programa é formado por 21 projetos em concessão e PPP com um potencial de investimentos da ordem de R$ 40 bilhões.

“Também queremos manter e fortalecer nosso relacionamento com o JBIC, sempre em total consonância com o compromisso ambiental de desenvolvimento econômico sustentável de São Paulo, uma prioridade do Governador João Doria”, disse Massot.

Além do Embaixador e Ishikawa, participaram do encontro a assessora para Cooperação Internacional da SERI, Ingrid Aguiar Schlindwein; a assessora da Subsecretaria de PPP, Christine Parmezani Munhoz; o assessor econômico da Subsecretaria de PPP, Edgard Benozatti; a assessora do Departamento de Cooperação Institucional e Internacional da Cetesb, Fátima Carrara; e a assessora internacional da Secretaria da Infraestrutura e Meio Ambiente, Jussara de Lima Carvalho.

JBIC

O JBIC é uma instituição financeira controlada pelo governo do Japão. A instituição desempenha importante papel na execução da política de cooperação econômica do governo japonês, apoiando o desenvolvimento estável e sustentável dos países estrangeiros. Promove ainda o fortalecimento das relações econômicas entre o Japão e a comunidade internacional.

No Brasil, a comunidade japonesa conta com cerca de 2 milhões de pessoas. Desse total, um milhão vive no Estado de São Paulo. A cidade com o maior número de japoneses fora do Japão é a capital paulista, com mais de 350 mil imigrantes do país. Os cidadãos brasileiros no Japão são cerca de 180 mil.

A presença industrial e empresarial japonesa em São Paulo é muito expressiva e abrange diversos setores: automotivo, eletroeletrônico, construção civil, financeiro, transportes, produtos químicos e consultoria, entre outros. Yamaha Motor, Toyota, Sony, Nissan, Mitsubishi e Epson são algumas das principais empresas.

Fonte: SP Notícias

Comentários Facebook

Deixe uma resposta