Indignação, cólera, fúria, irritação violenta, desprezo excitado por uma afronta, uma excitação anormal.
Indignação, cólera, fúria, irritação violenta, desprezo excitado por uma afronta, uma excitação anormal.

Indignação, cólera, fúria, irritação violenta, desprezo excitado por uma afronta, uma excitação anormal. A ira é uma patologia da alma, um desvio de conduta, como a psicopatia, que estuda os sintomas da doença para descobrir suas causas. A ira é alguma coisa que mexe com os nervos da pessoa, e ela fica incontrolável, passando a agir por instinto, como um animal irracional que quando se sente acuado, fica rosnando. A ira é uma fúria, como os cios das fêmeas, que é provocado pelos hormônios, e a fêmea não tem poder sobre eles.

Mas no caso da consciência, nós descobrimos que os sintomas derivam de onde ela está ligada e isto é fácil de perceber, pela variação de comportamento que cada uma tem diante de uma mesma situação. Tem consciência que tem até um ataque e arranca os cabelos diante de uma situação, outras, porém, não estão nem aí diante da mesma situação. É lógico que a carne tem um sistema nervoso, e toda consciência ligada a ela, sente de imediato quando é acionado este sistema, seja fisicamente ou psicologicamente. Só que temos em nós a existência do espírito de Deus, e o espírito não tem este mesmo sistema de nervos que a carne, mas ele apresenta outras características e a consciência ligada nele, tem outro comportamento diante de situações adversas.

E como fazer para uma consciência se desligar da carne e se ligar no espírito? Assim como a carne tem cinco sentidos, que a liga ao meio externo, o espírito também tem seus sentidos que o liga no céu. Assim também, a consciência tem os seus sentidos, que a liga as coisas, tanto da carne quanto do espírito. Os sentidos da consciência são: pensar, raciocinar, formar ideias, ponderar, decidir, agir e principalmente manifestar. E ela pode fazer isto tanto pela carne quanto pelo espírito. Se a tua consciência tem estes sentidos ligados à carne, ela vai sentir e perceber só as coisas da carne, mas se ela tiver estes sentidos no espírito, ela passará a ter os sentimentos pelo espírito. Enquanto ela tiver estes sentidos pela carne, ela sentirá os sintomas dela. Então, enquanto uma consciência tem a ira, é porque ela é ligada à carne, pois a ira é um sintoma da carne. E isto nós notamos, até na maneira agressiva de falar, nos mostrando que a consciência é ligada à carne.

Comentários Facebook

Deixe uma resposta