Com os projetos executivos em mãos, a Prefeitura de Apucarana pode dar início ao processo licitatório visando a contratação de empresa especializada na execução da obra
Com os projetos executivos em mãos, a Prefeitura de Apucarana pode dar início ao processo licitatório visando a contratação de empresa especializada na execução da obra

O prefeito Júnior da Femac recebeu nesta quarta-feira (19/02) o projeto executivo de engenharia da marginal da BR-376, entre o Distrito de Vila Reis e a trincheira do 30º Batalhão de Infantaria Mecanizado (30º BIMec). Executado pela concessionária CCR Rodonorte, por meio da empresa de assessoria Esteio, o material – que foi entregue oficialmente em ato no gabinete municipal pelo engenheiro Ademar Santos e por Júlia Vitorelli Luz, membro da equipe técnica de elaboração – teve acompanhamento e aprovação do Departamento de Estradas de Rodagens do Paraná (DER). “A viabilização de marginal asfaltada para esta importante região de Apucarana é uma luta da gestão Beto Preto, juntamente com todos os moradores, empresários e proprietários rurais. A duplicação chegou e é importante, mas gerou este conflito de mobilidade que agora, com a aprovação e liberação do projeto de engenharia, damos hoje um grande passo rumo à solução definitiva”, pontua o prefeito Júnior da Femac.

Com a duplicação da rodovia no trecho, os moradores, em especial do Jardim Curitiba, passaram a ter que percorrer seis quilômetros a mais para chegar ao centro de Apucarana, uma vez que o primeiro retorno está há três quilômetros do bairro. Um acesso provisório até a trincheira do 30º BIMec chegou a ser construído pelos moradores, mas foi fechado pela concessionária no final de dezembro de 2018 por motivos de segurança, já que o fluxo era feito na contramão da rodovia. Com intermediação do prefeito Júnior da Femac, o trecho foi reaberto logo em seguida e o compromisso de viabilizar a marginal asfaltada foi firmado com os moradores. “Quando falamos que essa administração é dos bairros para o centro, queremos dizer que nenhum bairro fica esquecido, sem a resolução de seus problemas. Às vezes não sai no tempo que a gente quer, pois tem a burocracia, mas nenhuma das reivindicações é deixada de lado. Tudo é levado em conta, colocado equipe e buscado recursos para resolver, como está acontecendo neste caso”, reiterou o prefeito Júnior da Femac.

De posse dos projetos executivos, a Prefeitura de Apucarana pode dar início ao processo licitatório visando a contratação de empresa especializada na execução da obra. Com intermediação do vereador Marcos da Vila Reis (PSD), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) empenhou no final do ano passado, emenda ao Orçamento Geral da União (OGU) no valor de R$955 mil para Apucarana. De autoria do Deputado Federal Diego Garcia (PODE/PR), os recursos serão usados pela Prefeitura de Apucarana para as obras da marginal. “É uma verba muito importante que agradecemos imensamente tanto ao vereador Marcos, que é um batalhador por Vila Reis e pelo Jardim Curitiba e, sobretudo, ao Deputado Federal Diego Garcia, que poderia ter destinado este recurso para qualquer outro município, mas escolheu Apucarana”, assinalou o prefeito Júnior da Femac.

Com a contrapartida municipal de R$188.122,61, a capacidade de investimento com a emenda pode chegar a R$1.143.122,00. “Vamos realizar agora o orçamento definitivo da obra, se necessário, vamos complementar com mais recursos municipais”, concluiu Júnior. Segundo o prefeito, junto aos projetos aprovados também está a marginal do outro lado da rodovia, junto a empresa Coamo.

Fonte: Prefeitura de Apucarana

Comentários Facebook

Deixe uma resposta