São pequenos detalhes que contam e ajudam o organismo a absorver mais e melhor os nutrientes que consome, conforme explica uma reportagem avançada pela BBC.

Eis quatro erros comuns e dicas correspondentes para os contraria e potencializar os benefícios de alguns alimentos:

1. Comer sementes de linhaça inteiras

As sementes de linhaça são abundantes em ómega-3, fibras e lignanas ou antioxidantes. Mais ainda, o alimento é um laxante natural, ideal para combater prisão de ventre e retenção de líquidos.

Muitos têm por hábito comer linhaça ao pequeno-almoço ou ao lanche, acompanhada de iogurte ou cereais. Todavia, o que acontece é que as sementes acabam por chegar ao intestino inteiras, sem ser digeridas.

Nutricionistas, como Cara Rosenbloom, recomendam comer sementes de linhaça trituradas ou em pó de modo a facilitar a absorção dos nutrientes.

2. Ingerir bebidas energéticas após exercício

As bebidas energéticas contêm elevados níveis de açúcar e sais minerais e são indicadas para repor os líquidos e eletrólitos perdidos por meio do suor durante o treino.

Mas, de acordo com nutricionistas, não há necessidade de beber esse tipo de bebida após a prática de exercício, a menos que se tenha feito um esforço excepcional, como correr uma maratona.

Ao invés, os nutricionistas recomendam simplesmente beber água.

3. Não temperar a salada

Os legumes e verduras contêm vitaminas lipossolúveis (solúveis em gorduras), como A, E e K, e vários antioxidantes, que necessitam de gordura para serem absorvidos pelo organismo, explica a BBC.

Como tal, deixar de temperar a salada com azeite pode fazer com que perca os seus principais nutrientes. Se não quiser usar azeite, pode substituí-lo por outros alimentos ricos em gordura, como abacate, sementes, nozes ou queijo.

4. Não agitar o pacote de leite de soja, amêndoa ou arroz antes de beber

As alternativas ao leite de vaca, como o leite de soja, amêndoa ou arroz, costumam ser fortificadas com cálcio e vitamina D. Mas esses nutrientes não se dissolvem facilmente e tendem a ficar concentrados no fundo da embalagem.

Por outras palavras, ao beber o leite sem o agitar, corre o rico de perder todos os suplementos.

Segundo Jesús Román, presidente da Sociedade Espanhola de Ciências da Alimentação, o cálcio adicionado, que é um cálcio mineral, não se dissolve nestes leites como o que existe naturalmente no leite de vaca. Então tornar-se imperativo agitar corretamente.

O especialista recomenda, se possível, beber leite de vaca.

Fonte: Notícias ao Minuto

Comentários Facebook

Deixe uma resposta