Uma mãe encontrou uma carta assustadora na mochila do filho de 13 anos escrita, alegadamente, pelo motorista do ônibus da escola. A mulher, que vive em Oklahoma, nos EUA, partilhou a carta com o canal Oklahoma News 4.

Na carta, o motorista, cuja identidade não é revelada, perguntava ao menino se podiam "brincar" e "se abraçar". "Escrevo esta carta porque no fim das aulas não há tempo para falar, dá apenas para um rápido abraço. Quero falar com você sobre a possibilidade de passarmos algum tempo juntos. Talvez com mais alguns amigos seus. O que você acha?", diz a carta.

"Sim, sou um adulto mas gosto de ter amigos como você", continua o texto.

A mãe – que optou por manter-se anônima – contou ao canal que ficou "horrorizada" com a carta e que reportou de imediato a situação à escola.

"Ele quer ser amigo do meu filho, quer fazer coisas que são impensáveis. Não quero que isto aconteça a outra criança. Nada acontece até acontecer algo que não é reversível. Estou muito preocupada", disse.

A escola em questão confirmou ao mesmo meio de comunicação que o condutor já "não está empregado". A nota foi partilhada nas redes sociais e foram vários os pais que se mostraram "perturbados" com a situação, mas agradecidos pelo aviso da mãe do menino.

Fonte: Notícias ao Minuto

Comentários Facebook

Deixe uma resposta