O valor de um amigo É inestimável, não tem como calcular Tu és pra mim um grande prazer meu amigo Para sempre irei te amar
O valor de um amigo É inestimável, não tem como calcular Tu és pra mim um grande prazer meu amigo Para sempre irei te amar

Amigo verdadeiro
Que carrego no coração
Sentimento que não é interesseiro
Amigo as vezes, é bem mais que um irmão

Nossos caminhos se cruzaram
E nos escolhemos para juntos caminhar
Na alegria, na tristeza, na saúde e na doença
Estarei contigo para sempre te animar

Nosso compromisso é com a verdade
E respeitamos nossas diferenças
Quero ver tua alma em liberdade
E que a paz eternamente prevaleça

Alguns amigos podem até estar distantes
Mas guardados no fundo do coração
Sentimos com quem podemos contar a todo instante
A confiança enobrece nossa união

O amor é a mais pura compreensão
E compreendo a tua dor, meu grande amigo
Mesmo longe, sinta-se abraçado
Faça do meu peito teu colo e teu abrigo

Pode chorar, pode sorrir
Sejamos puros como as crianças
Sei que adversidades poderão surgir
Mas nas tempestades serei tua bonança

Tudo que tenho lhe ofereço com amor
Presenteio tua alma com meus simples versos
Não quero te ver sofrer nas mãos do opressor
Mas quero tirar esta dor do seu interno

O valor de um amigo
É inestimável, não tem como calcular
Tu és para mim um grande prazer meu amigo
Para sempre irei te amar

  • “Participe você também dos meus poemas!”
    Faça a sua sugestão, dê um tema e ele poderá ser veiculado aqui e no site: Www.razaodavida.com

 

Comentários Facebook

Deixe uma resposta