Seja leve como as plumas E as pétalas do dente de leão Cuide-se, torne-se candura A paz está na vida que pulsa o seu coração
Seja leve como as plumas E as pétalas do dente de leão Cuide-se, torne-se candura A paz está na vida que pulsa o seu coração

Sentimento de paz
É o que almeja toda alma
Mas na realidade sentem os ais
Desconhecem a serenidade e a calma

No profundo do seu ser
Inquieto é o coração
Asas querendo bater
E voar longe na imensidão

A mudança pode ser em instantes
Depende da determinação
Raio de luz brilhante
Ilumina tua vastidão

Está tudo em nossas mãos
Basta a semente plantar
Tudo tem o tempo certo
Uma hora vai germinar

Não vá atrás de coisas vãs
Elas só deixam o peito vazio
Observe as noites e as manhãs
As flores e as águas dos rios

Uma harmonia perfeita
Funcionando naturalmente
Atente-se “consciência”
Não aprisione sua mente

Seja leve como as plumas
E as pétalas do dente de leão
Cuide-se, torne-se candura
A paz está na vida que pulsa o seu coração

Comentários Facebook

Deixe uma resposta