És sol que incendeia E aquece minha alma Mantém acesa minha candeia Estado de pura calma
És sol que incendeia E aquece minha alma Mantém acesa minha candeia Estado de pura calma

Semente de luz plantada
Na imensidão do meu ser
Iluminando esta morada
Para sempre resplandecer

A cada passo dado
Neste caminho inverso
Seu brilho é manifestado
Estrela do meu universo

Infinda sabedoria
Que curou minha visão
Me vi como consciência
Eterno coração

Tamanha complexidade
Grandeza imensurável
Singularidade
Pedaço da eternidade

No meio da escuridão
Faísca se acendeu
Tirando-me da solidão
Dissipando todo breu

És sol que incendeia
E aquece minha alma
Mantém acesa minha candeia
Estado de pura calma

Encontrei em mim a fonte
A chama perpétua da vida
No imo avistei esta ponte
Labareda que não se finda

Comentários Facebook

Deixe uma resposta