Porta fechada Opinião formada Mente obstinada A beira da estrada
Porta fechada Opinião formada Mente obstinada A beira da estrada

Consciência tola
Não recebe a verdade
Barreira da ignorância
Distante da verdade

Porta fechada
Opinião formada
Mente obstinada
A beira da estrada

A sabedoria desconhece
Não deixa a luz adentrar
Abra a janela consciência
E veja o sol raiar

Conheça o outro lado
Da tua imensidão
Verá paisagens lindas
Ocultas no teu coração

Mudará o teu semblante
Antes fechado e sisudo
Agora brilha, radiante
Segurança plena em tudo

Temos que ser inteligentes
Não termos medo de dialogar
Alma sábia e contente
E grandes mistérios desbravar

Temos muito a aprender
E também a ensinar
Jamais devemos nos ensoberbecer
E com humildade elucidar

Comentários Facebook

Deixe uma resposta