Liberdade consciente É o que todos deveriam ter Não aprisionar a mente Com sentimentos de entorpecer
Liberdade consciente É o que todos deveriam ter Não aprisionar a mente Com sentimentos de entorpecer

Campo de concentração
Cada imo, cada interno
Liberdade ou prisão
Reflita em teu espelho inverso

É lá no fundo da alma
Que tudo acontece
Estado de paz e calma
Ou tormento que enlouquece

Muitos pensam ser livres
E recusam se enxergar
Mas saiba que só a verdade
É capaz de libertar

Muitas foram as prisões
Acarretadas pelo caminho
Pareciam belas como as rosas
Mas feriram a alma com seus espinhos

O trabalho é profundo
Dentro de cada coração
Desatar cada nó
Olhar pelo ângulo da razão

Sentir-se saudável
Alma plena
Clima agradável
Face serena

Liberdade consciente
É o que todos deveriam ter
Não aprisionar a mente
Com sentimentos de entorpecer

Reconhecer a vida
Que brilha por toda imensidão
Ser irmã da sabedoria
Ter a plena compreensão

Comentários Facebook

Deixe uma resposta