Encontrei dentro de mim Os tons coloridos da vida Serenidade em marfim Aquarela de sabedoria
Encontrei dentro de mim Os tons coloridos da vida Serenidade em marfim Aquarela de sabedoria

Céu cinzento e sombrio
Assim eram os meus dias
Incolores e frios
Clamando a carta de alforria

Visão turva e embaçada
Com sorriso amarelo
Porta trancafiada
Desconhecia o grande elo

O peito apertado
Sintoma e intuição
De que algo estava errado
Dentro do meu coração

Sentimento a borbulhar
Um vulcão em erupção
Segredo prestes a desvendar
E curar minha visão

De repente o sol raiou
E enxerguei a bela aurora
O amor se alastrou
Do meu interno pra fora

Encontrei dentro de mim
Os tons coloridos da vida
Serenidade em marfim
Aquarela de sabedoria

Por trás de tudo que vemos
Existe a verdade da razão
Basta compreendermos
Para libertar o coração

Michele Mi

Comentários Facebook

Deixe uma resposta