Levo em minha bagagem A divina sabedoria Estou aqui de passagem Trilhando a vereda da vida
Levo em minha bagagem A divina sabedoria Estou aqui de passagem Trilhando a vereda da vida

Levo em minha bagagem
A divina sabedoria
Estou aqui de passagem
Trilhando a vereda da vida

Há pouco me descobri
E enxerguei o meu valor
Espelho interno, me refleti
E tenho conhecido o amor

Só posso oferecer aos outros
Aquilo que tenho pra mim
Então compartilho com todos
Semente da vida sem fim

Nem só de pão vive o Homem
Frase já dita no passado
As almas estão com sede e fome
Por isso a verdade tenho semeado

Uma palavra, um gesto
Pode mudar a visão
Uma simples estrofe, um verso
Pode acalmar um coração

Reconheça e floresça
Esta é a minha esperança
Na alma o novo resplandeça
Pureza singela de criança

Quero acender a luz
Dentro de cada ser
Fonte própria que reluz
Um eterno amanhecer

Seja leve
Sinta a paz
Seja breve
Ancore em teu cais

Comentários Facebook

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta